Parker Young estampa artigo da edição de Junho da revista Candid Magazine

Na passada Quarta-Feira (06), o fotografo Joe Simpson utilizou seu instagram para divulgar que Parker Young estava presente num artigo da revista norte-americana, Candid Magazine, onde falam essencialmente da industria da moda e ainda falam um pouco sobre a vida pessoal de Young e seu mais recente projeto, Imposters.

 | Antes de começar com a entrevista, o editor da revista, Jeff Conway, introduz um pouco sobre quem é Parker Young e o que este faz:

Depois de anos de pequenos mas ainda sim memoráveis papeis e depois interpretar um papel na nova série da Bravo, Imposters, o ator Parker Young está provando ser a próxima grande coisa. Com sua beleza e inegável charme e capacidade, Parker está finalmente sentindo que Hollywood contempla o que ele tem de melhor. Qual foi o momento que você sentiu que ia “fazer aquilo?” Que conselho daria para si mesmo ao começar a carreira de ator? E qual foi o adorável auxiliador em muitos de seus posts no Instagram? Nós temos a conversa toda com Parker aqui.

E após isso, Conway procedeu com a entrevista e você pode conferir ela toda traduzida aqui:

  • Durante os anos de ensino médio, você foi capitão de um time de futebol americano, mas você também desenvolveu sua expressão artística nas aulas de teatro. Como você foi capaz de lidar com esses dois papeis? Ou eles eram desafios?

Foi definitivamente muito difícil lidar com o futebol e com o teatro. Além disso, eu não lembro de muita gente falando mal. Jogadores de futebol deviam estar em um dos filmes, no teatro infantil. Eu era horrível no teatro, mas era engraçado e mais tarde na minha carreira de futebol, eu acabei tendo um amplo numero de lesões e eu sabia que não seria muito duradouro para mim. Eu não tinha muita paixao pelo futebol para ir para o próximo nível e foi nesse momento que decidi ir para a atuação.

  • No começo da sua carreira, tinha algum trabalho especifico de atuação que te deixou tipo, “eu tenho que fazer isso” no competitivo ramo da atuação?

Sim, eu me lembro de quando atendi uma ligação quando fui escalado para o piloto de ‘Suburgatory’. Eu nem era um personagem regular; era um personagem convidado. Eu consegui esse papel e eu lembro de ter atendido a ligação, eu lembro de ter chorado e pensando “Se isso não funcionar e você tiver que se tornar um garçom, ao menos você ‘Fez isso’. Eu tinha machucado meu dedo na quina da porta” Eu me lembro de ter me sentindo tão aliviado naquele momento que eu tinha conseguido algo. Depois de anos estando por ai, me remoendo, todos os meus colegas e amigos na faculdade se divertindo e eu aqui correndo atras do meu sonho, com pouco sucesso. Esse foi um momento definitivo para mim.

  • Você provou suas habilidades comediantes enquanto atuava em papeis significativos em series de televisão como ‘Suburgatory’ e ‘Enlisted’, e você foi capaz de mostrar um pouco mas de drama em seu papel em Arrow. Agora você esta interpretando Richard, um marido abandonado em busca de respostas de sua esposa golpista em ‘Imposters’O que faz desse papel e series de televisão diferentes de qualquer outro projeto?

Eu gosto muito desse seriado. Eu amo o tom desse show, no geral. É uma hora de um humor negro, então para mim, é o melhor de dois mundos porque eu pude viver nessas situações dramáticas e achar o humor nisso. Originalmente, quando criança, esperando para estar em missão impossível e querer correr atras e atirar em caras malvados e conseguir a garota. Richard esta no meio disso. É uma comedia mas quando um cara ama uma mulher e está meio que vivendo uma vida perigosa. Tem sido muito legal e eu amo a oportunidade de continuar em outra temporada. (No momento de nossa entrevista com Parker, tinham confirmado a segunda temporada de Imposters)

  • Seus posts no Instagram as vezes com uma adorável mocinha chamada Stella. Você pode me dizer um pouco sobre ela e o que exatamente ela traz em sua vida?

Cara, eu amo tanto a Stella. Ela originalmente era para minha namorada. Eu e minha namorada temos namorado por longa distancia, então eu peguei Stella para ela, para ela ter alguém quando não estamos juntos. E ela cresceu sendo minha segunda namorada. Stella, ela vai por todo lugar. Ela é cheia de cultura. Stella ja foi em museus e cinemas, já viajou muito – uma mocinha cheia de cultura.

  • O que luxo significa para você?

Eu não sou um cara cheio de requintes. Eu dirijo um Jeep Wrangler, eu tenho uma Triumph Motorcycle. Eu visto um jeans e camisa e óculos de sol. Essas são o tipo de coisas que me fazem feliz. Eu também gosto de me vestir em ternos bacanas, mas de novo, eu mantenho a simplicidade. Eu gosto de viajar, mas ao mesmo tempo, quando viajo, eu gosto de me divertir e me sujar. É sobre apreciar as coisas que você tem, que realmente significam algo para você. Eu acho que o mais importante se lembrar que menos pode ser muito mais.

  • Qual a maior compra que você já fez?

Meu carro, eu acho. O que não foi muito, ja que é um Jeep Wreagler. Minha maior compra para minha namorada foi provavelmente sua Louis Vuitton. Depois disso foi um terno bacana. Eu ainda espero por um relógio legal algum dia, eu gosto de um bom relógio, mas de novo, meus relógios são rígidos, como um bom relógio antigo.

  • Eu ouvi dizer que você é um cara que gosta do ar livre. Da onde surgiu esse desejo? Quando você nao esta no set, qual sua coisa ideal para se livrar do estresse?

Eu acho que crescendo no Arizona eu meio que desenvolvi meu amor por estar ao ar livre. Eu cresci no deserto e lembro muito das coisas que fazia depois da escola, e meu amigo nos vestíamos com camuflagem e passávamos horas andando pelo deserto, brincando de faz de conta. Esse era meu tipo de lugar feliz. Meu pai me levava para passear e eu me apaixonei por estar ao ar livre. E agora, eu amo muito acampar. Quando eu tenho tempo, há algumas coisas que me ajudam a desestressar mas não há melhor do que ficar no meio do nada, onde meu celular não funciona, ter um pouco de fogueira e dormir sob a estreles; não há nada melhor que isso pra mim.

  • Vamos falar de moda agora. Que looks ou estilos mais te intrigaram em 2017?

Jeans e camiseta. Eu amo um par de chuteiras, um bom par de chuteiras com uma camisa de botões. Eu acho essa função a mais importante. Algo que eu possa pular numa moto, me sujar, ir acampar, ir caminhar, procurar garotas na rua. Só um simples e clássico look. Você sabe, eu acho que a moda vai e vem muitas vezes, mas como eu disse, James Dean e James Bond, eu acho que esses caras estão certos. A imagem que você tem desses caras é clássica, simples e funcional.

  • O que você tem a dizer sobre essas tendências da moda que tem acontecido ao longo dos anos?

Quando me mudei para LA, era fácil alcançar o que estava na moda: ténis moderno com camisas em formato V, tentando ser moderno e legal, usando Ed Hardy, essas coisas. Eu definitivamente superei muita dessas coisas, mas eu também gosto de me vestir na moda. Eu gosto de um bom terno alinhado, uma camisa cara, um bom par de sapatos. Eu acho que era acostumado a fugir dessas coisas quando era mais novo, mas eu gosto de ter oportunidade de me vestir melhor e colocar meu meu melhor nisso.

  • Se você tivesse uma festa ou um red carpet para ir, que designer que estaria em seu closet?

Bom, eu ainda estou tentando achar meu designer favorito. Vai provavelmente ser alguém que me oferece um terno. Os que eu tenho agora, eu tenho um terno da Burberry que eu gosto muito. Brooks Brothers me deram um terno legal recentemente que eu amei. Eu tenho uma camisa do Tom Ford que foi muito cara mas é incrível. Essas são as minhas coisas preferidas.

  • Se você pudesse voltar ao Parker para começar seu trabalho de ator logo após o ensino médio, que conselho daria a si mesmo, sabendo e experienciando tudo que aconteceu ate agora?

Essa é uma boa questão. Eu faria o jovem Parker saber que tudo vai ficar bem. Tudo vai funcionar do jeito que deve e tenha esperança, tente seu melhor para curtir cada momento e ame sua vida e ame a jornada, porque você sabe, isso é tudo.

Fonte: Candid Magazine: Issue 15 — Article with Parker Young by Jeff Conway | Tradução e Adaptação: Imposters Brasil


FOTOS – Scans

O ELENCO | THE CAST > PARKER YOUNG > REVISTAS | MAGAZINES > 2017CANDID – (ARTIGO) • JUNHO